quinta-feira, agosto 26, 2004

Afinal a Supertaça Europeia... é de interesse público

O Ministro Morais Sarmento, veio anunciar ontem, que afinal a transmissão televisiva da Supertaça Europeia, entre o FC Porto e o Valência, se encontra abrangido pelo despacho por si assinado em Outubro de 2003, que discrimina os eventos considerados de interesse público. Está portanto a partir de ontem, a concurso a compra dos direitos televisivos à detentora desses mesmo direitos - a Sport TV - para os canais de sinal descodificado (RTP, SIC e TVI). Esta decisão veio dar razão ao Jornal de Notícias que lançou a polémica, na passada segunda - feira - e que pelos vistos ainda ninguém tinha reparado - que a Sport TV ia transmitir o jogo em exclusivo e em codificado, violando o despacho do Ministro da Presidência que enumera o que é de interesse público.
A Spot TV é que , ontem, dizer que nestas situações de obrigatoriedade de cedência de direitos, as estações interessadas têm que "estar dispostas a pagar o preço", tentando desta forma salvaguadar a sua posição, mas a Alta Autoridade para a Comunicação Social disse " a cedência deve ser feita por um preço razoável" e que "quando as partes não chegarem acordo é a Alta Autoridade a mediar, sendo o seu parecer vinculativo". Desta vez alguém levou este assunto, a bom porto, e ainda bem que alguém se lembrou de chamar este assunto à praça pública, poruqe senão muitos para além de mim, se quisessem ver o jogo teriam que se deslocar a algum café ou ficar a ouvir no rádio. É o nosso Portugal!